17 setembro 2014

Quero ficar mais tempo na Irlanda e agora?

Quando vim para a Irlanda em agosto de 2013, vim preparada para fazer intercâmbio, ficar 1 ano, fazer as malas e voltar para o calor do Brasil. Meus planos falharam. Me apaixonei por aqui, as coisas começaram a dar certo e estou ficando...
Isso é mais comum do que muita gente pensa. Você vem pra ficar 6 meses e quando viu, já se passaram 6 anos. Mas nesses casos, como fazer? Morar de vez na Europa não é fácil. A Irlanda é a mais aberta para quem quer estudar e trabalhar, mas mesmo assim as medidas de imigração são bem estritas. 
É possível ficar até 7 anos com um visto de estudante (stamp 2), sendo 3 anos com o Curso de Inglês e 4 com um curso superior (faculdade, mestrado, pós-graduação...). É o que a maioria faz, mas como expliquei aqui para quem planeja fazer um intercâmbio, o visto de estudante tem suas limitações. Então, para quem busca uma vida mais duradoura, as opções em Dublin são: uma cidadania europeia ou um visto com permissão de trabalho (stamp 4 ou 1).
No meu caso, eu tenho cidadania europeia e tenho opção de morar em qualquer um dos países da União Europeia legalmente (London, me aguarde ). Meu marido não tem, mas os países permitem um visto de 'acompanhante', cada país tem suas regras e exigências e, no próximo post, eu conto para vocês quais são as exigências para a Irlanda.



Stamp 4 e Stamp 1
Esse visto de 'acompanhante' é o chamando 'stamp 4 EU-FAM'. Ele dá o direito de trabalhar legalmente (sem limite de horas) e viver sem problemas em toda a Irlanda, não sendo obrigado a estar vinculado a nenhum tipo de curso. Para tirar o visto, é necessário estar em um relacionamento estável ou casado com alguém membro da UE (again: mais detalhes no próximo post).
O work permit (stamp 1) também permite trabalhar legalmente, mas é um pouco mais complicado de conseguir. A empresa tem que requerer e existem algumas regrinhas básicas. Sei que para que a empresa decidir que quer aplicar o visto para um estrangeiro, tem que provar que não encontraram nem irish e nem europeu para ocupar a vaga.

Cidadania Europeia
Cada país tem uma exigência para tirar a cidadania. A mais comum é a italiana (a Itália é uma grande mãezona com leis bem flexíveis para obter a cidadania), mas é possível adquirir cidadania por descendência também de outros países.
Se você tem um parente gringo, vale a pena verificar se você não tem direito a um passaporte vermelho. As vantagens são imensas: você É um europeu em qualquer país membro da União Europeia e pode morar, trabalhar e construir sua vida.
Para quem pensa em construir uma vida no exterior, verificar a possibilidade de uma cidadania e as exigências para tal é uma ótima opção para começar. Não se esqueça também do idioma, não adianta nada ter um passaporte vermelho, decidir ir morar na Alemanha e não falar uma palavra de alemão.


Facebook  Twitter  Google+ ♦ Pinterest

11 comentários :

  1. tenho uma amiga fissurada nos EUA.. foi pra lá fazer intercambio de 1 ano.. venceu o prazo e ela conseguiu renovar por mais 1.. mas quem disse que ela queria vir?? arrumou um gringo e casou!! hahahahhaha

    bjo bjo
    Tips4You

    ResponderExcluir
  2. Minha linda, eu entendo a sua dúvida, só quem mora fora como nós entende isso. A minha sugestão pra vc é: ore e peça a Deus direção. Assim vc vai estar no lugar certo.

    Eu moro nos Estados Unidos já fazem 9 anos, aprendi a amar esse lugar.... Bju bju linda, se cuida!

    www.pricamila.com

    ResponderExcluir
  3. Viajar é uma delicia, tem lugares que a gente vai embora feliz
    mas quando a gente se apega e quer ficar não tem o que se fazer a não ser... ficar rs
    Kisses

    ResponderExcluir
  4. Maravilha de partilha!

    Sónia
    www.tarasemanias.pt

    ResponderExcluir
  5. Muita gente passa por isso mesmo: vai para ficar 1 ano e depois desse tempo não quer mais voltar! Você ainda tem a facilidade de ter cidadania europeia, o que é ótimo!

    ResponderExcluir
  6. Minha prima foi pra Irlanda e também não quer voltar....rssss

    Beijooos
    https://blogidfashion.wordpress.com

    ResponderExcluir
  7. É sempre assim né? Quem vai e conhece outra historia, outra cultura, acaba nao querendo voltar pro Brasil.
    Realmente muita sorte de vc ter cidadania europeia e poder ficar mais. #delicia

    Beijocas.

    www.sabrinadalmolin.com

    ResponderExcluir
  8. Ai que legal Nath!!! Acredita que eu estou justamente planejando uma viagem e estava pensando em Dublin, pois me falaram muito bem que dá pra trabalhar e estudar. Vc pode fazer mais posts como este com informações de escolas pra aprimorar o inglês, dicas e tal? Vou amar!!! :)
    Que coisa, o universo conspira mesmo a nosso favor né, vim aqui como quem não quer nada e estamos falando a mesma lingua já heheh beijos! Carol

    ResponderExcluir
  9. Com certeza você gostou muito da experiência. Mesmo não tendo interesse de morar fora, gostei das informaçãoes.

    http://iasmincruz.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Ahhhhhh que legal que vc vai ficar! AMEIIIIII! Qdo fiz intercâmbio nos USA queria ficar mas não consegui. ADOROOOOOO qdo as pessoas vao, se surpreendem com o lugar e ficam. SHOW! Aproveita mto!

    bjos

    ResponderExcluir